Buscar
  • Laboratório da Cerveja

Leveduras selvagens que podem prejudicar sua cerveja.



Qualquer levedura diferente da levedura cervejeira, utilizada como inóculo, é considerada uma levedura selvagem.


E, ao menos que você não tenha inoculado propositalmente essas leveduras, via de regra, elas irão estragar a sua cerveja! Seja por produção de compostos de aroma desfavoráveis ou pela competição com a levedura cervejeira alterando o resultado final da sua bebida.


São exemplos de leveduras selvagens: Brettanomyces bruxellensis, Torulaspora delbruecki, Wickerhamomyces anomala, Wickerhamomyces subpeliculosus, Hanseniapora uvarum.


Em alguns casos essas leveduras nem competem com a Levedura cervejeira e sim fermentam açúcares não utilizados por essas espécies, levando a superatenuação do mosto, diminuindo o corpo e aumentando o teor alcoólico.


E para piorar a situação algumas podem formar biofilmes!


Mas olha, pra te ajudar, vamos lhe dizer algumas formas de se evitar.


Realizando a limpeza e higienização dos equipamentos de forma correta e logo após o esvaziamento dos tanques.


Reutilizando a levedura com segurança.


Realizando análises microbiológicas dos equipamentos após a sanitização, das leveduras reutilizadas e do produto final.


Por Luciana Brandão, Co fundadora e CEO do Laboratório da cerveja.

223 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo